Copebras
Movimentação de Catalisadores
Catalão/GO
Ano: 2005
Movimentação de Catalisadores ILO
Peru
Ano: 2010
Serviços Industriais

Nossos Serviços

Com sua experiência, tecnologia e equipamentos patenteados para atender as
diversas demandas de seus clientes, o Grupo MBC oferece serviços industriais
com a garantia de utilização de mão de obra especializada, treinada e
equipamentos em constante aprimoramento.

Com equipe altamente qualificada, localização estratégica e logística
avançada, podemos atender diversos clientes simultaneamente, garantindo
sempre execução de serviços com eficiência, segurança e qualidade.

SRC – Sistema de Remoção de Catalisadores

Consiste de um sistema autônomo, para remoção sob vácuo de catalisadores
dos leitos catalíticos, promovendo a separação da poeira e classificação do
catalisador de acordo com suas dimensões.

O sistema pode ser montado ou desmontado em menos de 4 horas com apoio
de um caminhão Munck ou guindaste pequeno de 12 t.
O sistema possui uma eficiente estanqueidade que garante contenção de pó,
garantindo uma área de trabalho limpa sem contaminação de efluentes sólidos
ou líquidos.

Todo o pó retido nos filtros de manga é coletado em big-bags para posterior
pesagem e balanço.

Todo o conjunto do SRC e do SCC é dimensionado para poder ser
transportado em duas carretas comuns de 12m.

SCC – Sistema de Carregamento de Catalisadores (patenteado)

Consiste de um sistema autônomo para recolocação do catalisador nos leitos
do conversor catalítico. Utiliza o processo patenteado pela VIP International
Corporation, licenciado com exclusividade para a MB Catalisadores em toda
America do Sul.

Como no caso do SRC, o SCC também possui uma eficiente estanqueidade
que garante contenção de pó, garantindo uma área de trabalho limpa sem
contaminação de efluentes sólidos ou líquidos. Também no caso da operação
do SCC, todo o pó retido nos filtros de manga é coletado em big-bags para
posterior pesagem e balanço.

Especificações:

MOVIMENTAÇÃO DE CATALISADORES

As plantas de acido sulfúrico requerem paradas periódicas para efetuar o
peneiramento de seus catalisadores para remover poeira, cinzas e
catalisadores desagregados pelo uso ao longo da campanha.

Estes materiais acumulam-se nos leitos catalíticos provocando um aumento da perda de carga da unidade e uma perda de eficiência de conversão.

A frequência desse peneiramento depende do dimensionamento dos equipamentos que está associado ao projeto da unidade, a qualidade da matéria prima (enxofre filtrado ou gases metalúrgicos) e as condições operacionais da unidade.

Tipicamente, estas operações ocorrem a cada 24 meses, com a retirada do catalisador, seu peneiramento, recolocação e complementação com catalisador novo.

Ate 1993, estes trabalhos eram realizados pelos clientes manualmente, com exposição de grande numero pessoas e um elevado impacto ambiental provocado pela geração de efluentes líquidos e sólidos.

Consciente na necessidade de melhorar estas condições e oferecer uma solução integrada as plantas de acido sulfúrico, em 1993 foi desenvolvido o seu primeiro modelo SRC (Sistema de Remoção de Catalisadores), que permitia a remoção a vácuo dos catalisadores e seu peneiramento continuo, de maneira a garantir um resultado mais eficiente, rápido e com menor impacto ambiental e saúde do trabalhador.

As vantagens deste serviço foram rapidamente reconhecidas pela indústria, que passou a utiliza-lo em todas as plantas de acido sulfúrico no Brasil. Plantas de sulfonação, com menores volumes de catalisador também passaram a utilizar o mesmo sistema.

Para tais clientes foi desenvolvido um sistema SRC de menor capacidade e dimensões, adequado para este tipo de operações, que demandam pouco espaço para operação.

Enquanto a retirada do catalisador vinha sendo feita de forma eficiente, o sistema de recarga do catalisador no conversor permanecia obsoleto, através da descarga de big bags pela boca de visita e posterior distribuição nos leitos. Esta etapa da operação ainda demandava um elevado numero de operadores trabalhando em condições insalubres com grande esforço físico.

A limitação de espaço nestas operações impedia a utilização de mascaras eficientes com ar mandado.

Para contornar este problema, a MB Catalisadores em 2005 associou-se a empresa americana VIP International Corporation de Baton Rouge, USA, para licenciar para toda a América do Sul o seu processo patenteado de recarga, denominado SCC (Sistema de Carregamento de Catalisadores).

A medida que aumentavam as operações por ano, foi necessário criar uma empresa
específica para a locação de equipamentos de manuseio de catalisadores. Assim, em 2007 foi criada a MB Catalisadores Comercio e Serviços Ltda, com sede em Paulínia, SP, que atualmente possui diversos equipamentos com características específicas para atendimento simultâneo de diversos clientes, em todo Brasil.

Atualmente MB Catalisadores e MB Consultores atuam em conjunto na prestação desses serviços, uma vez que MB Consultores fornece mão de obra qualificada e treinada para as diversas operações e a MB Catalisadores fornece o equipamento com sistema integrado de SRC e SCC, na modalidade de locação, garantindo ao cliente um peneiramento e carregamento de catalisadores com eficiência, rapidez, segurança e baixo impacto ambiental.

A maioria das operações concentram-se em plantas de acido sulfúrico com operações em atmosfera de ar atmosférico. Porém, o mesmo sistema é também utilizado em outras plantas químicas que operam com outros tipos de aluminas como catalisadores de NiMo e CoMo em plantas de amônia, hidrogênio e processo petroquímicos.

Nestas unidades, a MBC pode operar com seu sistema SRC+SCC em atmosfera inerte com catalisadores reduzidos, desde que não requeiram a entrada de nossos operadores no reator.

A utilização dos sistemas SRC+SCC da MBC evoluiu de forma continua ao longo dos últimos 20 anos.

O sistema demonstrou-se competitivo e eficiente tanto para conversores de plantas de sulfonação de pequena capacidade de cerca 10 m 3 ate conversores de plantas de 4000 tpd de acido sulfúrico com volumes de ate 850 m 3 .

Operações com dois sistemas em paralelo são comumente utilizadas quando os clientes necessitam uma rápida retirada do catalisador para promover manutenções críticas na unidade.

Operações urgentes e não programadas também podem ser organizadas de forma expedita em função da disponibilidade de diversos sistemas que permitem também desenvolver diversas operações simultâneas.

Com o objetivo de melhor atender os clientes no Peru e America Latina, foi criada em 2018 a empresa peruana MB Catalizadores Peru, com instalações próximas a Lima, e equipamentos próprios para rápida mobilização em caso de paradas emergenciais.

REMOÇÃO DE RECHEIO

A mesma tecnologia para remoção de catalisadores foi utilizada para desenvolver um sistema similar para retirada de recheios metálicos e cerâmicos em torres de processo.

Este sistema foi utilizado pela primeira vez para remover os recheios Pall Ring metálicos das torres de absorção e esgotamento de CO 2 da unidade de amônia da Vale em Piaçaguera em 2006.

Este mesmo sistema demonstrou-se muito eficiente para remover aluminas em plantas de recuperação de enxofre (Processo Claus) e recheios cerâmicos de torres de absorção.

Nestas operações, o cliente normalmente fornece amostras do materiais a serem manuseados, que são previamente testados em nossas instalações em Paulínia em condições similares as do cliente.

REMOÇÃO DE CALCINADO

A MBC utiliza para os serviços de remoção de calcinado a mesma tecnologia dos serviços de peneiramento e remoção de recheio, porem com uma configuração diferente no equipamento para realizar a remoção de calcinado em fornos ustuladores de unidades metalúrgicas.

Este sistema foi utilizado pela primeira vez na unidade da Anglogold situada em Nova Lima-MG em 2010 e se demonstrou muito rápido e eficiente na remoção de calcinado, tornando a operação mais rápida, limpa e com uma menor necessidade de mão de obra alocada para a operação.

O equipamento conta com um sistema, onde sua exaustão pode ser conectada a um caminhão, uma caçamba ou uma canela de dejeto para o devido tratamento do calcinado.

Com a utilização do sistema da MBC que possui filtros manga internamente é possível reduzir a emissão de possíveis particulados que possam ser gerados na remoção do calcinado e destinando praticamente 100% do calcinado para tratamento adequado.

LIMPEZA DE TANQUE DE ÁCIDO SULFÚRICO

Tanques de estocagem de acido sulfúrico possuem a tendência de acumular resíduos, tipicamente de sulfato de ferro no seu fundo. Como estes tanques devem ser periodicamente inspecionados por motivos de segurança, a limpeza dos mesmos torna-se uma necessidade para todas as instalações tanto das produtoras de acido como das unidades consumidoras.

A MB Consultores desenvolveu uma técnica especial que permite a limpeza do tanque de forma segura, rápida com poucos operadores.

Com especial atenção a normas de segurança e utilizando toda sua experiência em ácido
sulfúrico, nossa equipe garante a execução dos serviços com eficiência, rapidez e seguimento de todas as normas.

Este trabalho já foi contratado por diversas empresas, desde 2006, com a execução eficiente e segura totalizando mais de 40 operações de limpeza de tanque, dentre as quais podemos destacar os serviços realizados na Aquapolo, Cargil, Votorantim e Mosaic.